contacte-nos através do endereço

Floresta Negra e Alsácia

A grande viagem em grupo Roma Tours no ano 2019, por Espanha, França, Suiça e Alemanha. A Floresta Negra é uma cordilheira do sudoeste da Alemanha, separada pelo vale do Reno. Esta pitoresca região conjuga beleza natural com pequenas cidades e vilas que parecem diretamente saídas de um conto de fadas. A Alsácia é uma região de França localizada ao leste do país, recheada de pequenos vilarejos.

partidaPreço por pessoalocalização
2 de Agosto, 20191580€Alpes

De 02 a 14 de Agosto 2019

02 AGOSTO 19 – PORTO / VITÓRIA
Partida da Roma Tours às 08h00, viagem por Ciudad Rodrigo e Burgos, até Vitória. Almoço livre em trânsito. Chegada a Vitória, para jantar e alojamento no hotel.

03 AGOSTO 19 – VITÓRIA / AVINHÃO
Após o pequeno-almoço, viagem através do País Basco, Toulouse e Montpellier até Avinhão, a principal cidade da região de Vaucluse e Provença, localizada nas margens do rio Ródano, que foi residência Papal entre 1307-1379, provocando o Grande Cisma do Ocidente. Almoço livre em trânsito. Chegada ao hotel, jantar e alojamento. Após o jantar, pequeno passeio pelo centro, destacamos: o Palácio dos Papas, rodeado por muralhas medievais, a Catedral de Avinhão do séc. XII, onde encontrará a estátua dourada da Virgem Santa Maria do Séc. XIX, as ruinas da ponte Saint-Bénezet, conhecida como Ponte de Avinhão. Não podemos esquecer o seu reconhecido vinho Côtes du Rhône, os pratos provençais e seu doce típico, os papalines, doces cobertos com açúcar feitos de chocolate e licor de orégano.

04 AGOSTO 19 – AVINHÃO / ANNECY / GENEBRA
Pequeno-almoço no hotel e saída para Annecy, conhecida como a Veneza dos Alpes, devido às suas inúmeras pontes e canais. Localizada entre os maciços de Bornes e Bauges, na margem norte do Lago de Annecy. Visita do centro histórico mediável, que conta com a Ponte dos Amores, exterior do Castelo fortificado, antiga residência dos Condes de Genebra e dos duques de Genevois-Nemours, exterior do Palácio de L’lsle, edifício histórico do séc. XI, que serviu de prisão e hoje, é o Museu de História de Annecy. Continuação para Genebra, a segunda maior cidade da Suíça. Rodeada pelos Alpes, com uma vista impressionante para o Mont Blanc, é centro diplomático e financeiro global. Jantar e alojamento no hotel.

05 AGOSTO 19 – GENEBRA / BERNA / LUCERNA
Pequeno-almoço no hotel e saída para panorâmica da cidade de Genebra, uma das jóias da Suíça. Conhecida como a "Capital da Paz", por conta da sua vocação diplomática internacional, sede europeia das Nações Unidas, do Comité da Cruz Vermelha e de tantas outras organizações internacionais, a cidade francófona floresceu junto ao belo lago Léman. É no espelho d'água que fica um dos símbolos: a Jet d'Eau", a famosa fonte que lança água 140 metros acima do Lago. Situada na baía onde o Ródano se despede do Lago Genebra, na margem esquerda, encontra a Cidade Antiga, com as ruas empedradas, o Jardim Inglês, a Catedral de St. Pierre, o Parque dos Bastiões, onde se encontra o Muro dos Reformadores, a animada Praça du Bourg-de-Four com os seus cafés e esplanadas. Não podemos esquecer também as atracções como os famosos chocolates e sofisticados relógios suíços nas lojas de luxo do centro da cidade. Na margem direita do rio encontra parques e museus, como o Museu de Arte e História. Continuação para Berna, cidade predominantemente germanófona e capital da Suíça, construída em torno de uma curva do rio Aar, com uma arquitectura medieval, fundada no séc. XII, preservada na Altstadt (Cidade Velha). O Parlamento Suíço e os diplomatas encontram-se no Bundeshaus (Palácio Federal), de estilo neo-renascentista. Como principais monumentos e locais de interesse, temos a Französische Kirche (Igreja Francesa) e a torre medieval nas proximidades, conhecida como Zytglogge, datam do séc. XIII, a catedral gótica com vitrais do séc. XV. Do lado da “Kirchenfeldbrücke”, uma das 18 pontes sobre o Aar, encontra o Museu Histórico de Berna, que conta com o Museu de Einstein, dedicado ao famoso físico, que viveu na cidade, destaque ainda para o Museu do Zentrum Paul Klee, com obras de Paul Kleen, artista do séc. XX, que nasceu e viveu em Berna. O emblema da cidade são os Ursos que podem vistos em seu habitat ribeirinho, o BärenPark. Almoço livre. Continuação para Lucerna, pequena cidade Suíça conhecida pela sua arquitectura medieval preservada, localizada entre as montanhas cobertas de neve, perto do Lago Lucerna. Jantar e alojamento no hotel.

06 AGOSTO 19 – LUCERNA / ZURIQUE / SCHAFFHAUSEN (CATARATAS DO RENO) FLORESTA NEGRA (TITISEE)
Pequeno-almoço no hotel e saída com destino a Zurique, a maior cidade Suíça e mais populosa, no nordeste do país, centro bancário e financeiro internacional. O centro de Altstadt (Cidade Antiga), encontra-se em ambos os lados do rio Limmat. Principais monumentos e locais de interesse: a Rathaus, edifício da Câmara do séc. XVII, a Augustinergasse, rua mais típica de Zurique. Destaca-se sobretudo pela cor viva das fachadas e janelas salientes de madeira, típicas da arquitectura vitoriana do final do séc. XIX, a avenida comercial Bahnhofsstrasse com luxuosas lojas e bancos, a Niederdorf área de vida nocturna, a igreja Fraumünster, do séc. IX, com bonitos vitrais, o Museu Nacional Suíço, entre outros. Almoço livre. Continuação para Schaffhausen, para conhecer e admirar as Cataratas do Reno, a maior queda de água da Suíça e da Europa, localizadas no Alto Reno, na fronteira entre os cantões de Schaffhausen e Zürich. Continuação da viagem para Titisee, banhada pelo lago com o mesmo nome e conhecida pelos seus inúmeros relógios de cuco. Tempo livre e possibilidade de passeio de barco opcional, de cerca de 25 minutos. Continuação para o hotel para jantar e alojamento.

07 AGOSTO 19 – FLORESTA NEGRA (LAGO DE CONSTANÇA – ILHA DE MAINAU – MEERSBURG)
Pequeno-almoço no hotel e saída para o Lago de Constança, localizado entre as fronteiras da Alemanha, Suíça e Áustria, breve paragem em Constança, cidade universitária e medieval. Continuação para a Ilha de Mainau, também conhecida como ilhas das flores, visita panorâmica e travessia em barco até Meersburg. Almoço livre. Designada de cidade baixa ("Unterstadt") e a cidade alta ("Oberstadt") reservadas para pedestres, e ligadas por duas escadarias e uma rua íngreme ("Steigstrasse"). Cidade rodeada por vinhedo e pomares de maçã com dois castelos o Velho do séc. VII e o Novo construído durante o séc. XVIII para residência do bispo de Constança. Regresso ao hotel, para jantar e alojamento.

08 AGOSTO 19 – FLORESTA NEGRA (GUTACH – TRIBERG – FURTWANGEN) / BADEN BADEN / HEIDELBERG
Pequeno-almoço no hotel e saída para visita ao Eco-museu de Gutach, onde encontra representações de várias quintas típicas da região. Continuação para Triberg, para admirar as bonitas cascatas, com 163 metros de alturas e consideradas as mais famosas da Alemanha. Almoço livre. Continuação para Furtwangen e possibilidade de opcional, para visita ao Museu dos Relógios, que possui exposições permanentes e temporárias sobre a história da cronometragem. Pequena cidade na Floresta Negra, conhecida pela tradição na fabricação de relógios dos mais variados tipos, sendo os mais apreciados os de cuco, outrora um dos maiores produtores e exportadores de relógios para todo o mundo. Viagem para Baden Baden, estação termal e local de férias favorito da burguesia Alemã do séc. XIX. Chamada de Aurélia Aquense ou apenas Águas durante o período romano. Visita às ruinas do Balneário Romano e à “Stiftskirche”, uma igreja em estilo gótico construída no séc. XV. Continuação para Heidelberg, para jantar e alojamento.

09 AGOSTO 19 – HEIDELBERG / ESTRASBURGO
Pequeno-almoço no hotel e saída para visita panorâmica da cidade de Heidelberg, com guia local. Localizada no vale do rio Neckar, e respeitada por ter a universidade mais antiga da Alemanha, passagem pelo centro histórico, praça do mercado, a ponte velha do séc. XVIII com a sua porta medieval e a câmara municipal. Subida no funicular Bergbahn para admirar o exterior do Castelo e seus jardins. Daqui consegue obter uma óptima vista panorâmica do rio e da barroca “Altstadt” a cidade antiga. Almoço livre. Continuação para Estrasburgo, sede do Parlamento Europeu e capital da região administrativa do Grande Leste e do departamento do Baixo Reno. O seu aglomerado urbano prolonga-se até à Alemanha, à cidade de Kehl, espelho geográfico de Estrasburgo. Visita panorâmica, com passagem pela Catedral Gótica de Notre-Dame o bairro  “La Petit France que inclui pontes medievais e canais cercados por casas do séc. XVI no estilo enxaimel, o Musée des Beaux-Arts a praça mais antiga da cidade a “Place Gutenberg”, abriga o “Neubau”, antiga câmara municipal em estilo renascentista concluída em 1585. As tradicionais "winstubs" (salas de vinho) que servem especialidades locais, como o “choucroute garnie” (chucrute com salsichas e carnes variadas). Chegada ao hotel para jantar e alojamento.

10 AGOSTO 19 - ESTRASBURGO / RIBEAUVILLÉ / RIQUEWIHR / COLMAR
Pequeno-almoço no hotel e viagem até Ribeauvillé, com as ruinas dos seus três Castelos e Riquewihr, estas duas vilas medievais da Alsácia, na rota dos vinhos. Almoço livre. Continuação para Colmar, cidade no nordeste de França, próxima da fronteira com a Alemanha, com as suas ruas empedradas e seus edifícios em estilo enxaimel medieval do início da era renascentista, capital da região vinícola da Alsácia, com especial interesse nos vinhos Riesling e Gewürztraminer. Panorâmica com guia local. Com especial interesse, temos a igreja gótica Eglise Saint-Martin, do séc. XIII, localizada na praça central (Praça da Catedral), a área dos canais ao longo do rio Lauch é conhecida como “La Petite Venise” (Pequena Veneza), repleta de casas coloridas, o antigo bairro pesqueiro, o Museu de Unterlinden, antigo convento que alberga o altar de Issenheim de Matthias Grünewald, do séc. XVI, juntamente com obras de Fernand Léger e Picasso. A antiga igreja Dominicana com vitrais medievais e contém o tríptico "The Madonna of the Rose Bower" do artista alemão Martin Schongauer datada de 1473. O Museu Bartholdi celebra o criador da Estátua da Liberdade, o escultor francês Auguste Bartholdi que nasceu em Colmar. Continuação para o hotel para jantar e alojamento.

11 AGOSTO 19 – COLMAR / BESANÇON / DIJON
Pequeno-almoço no hotel e saída para Besançon, cidade situada nas margens do rio Doubs, para passeio pela cidadela de Besançon uma fortaleza do séc. XVI em Franche-Comté, França. É uma das melhores obras-primas da arquitectura militar projetada por Sébastien Le Prestre de Vauban. A Cidadela ocupa 11 hectares no Monte Saint-Etienne, uma das sete colinas que protegem Besançon. Almoço livre. Continuação para Dijon, capital da região da Borgonha, no leste de França e conhecida como uma das principais áreas produtoras de vinho do país e pela sua arquitectura que vai do gótico à art déco. Aqui encontra o ilustre Museu de Belas Artes, de 1787, localizado no grande Palácio dos Duques. De entre as principais igrejas da cidade destaca-se a de Saint-Michel renascentista e a Notre Dame, do séc. XIII, com uma torre de relógio automático e uma coruja, símbolo da cidade, não esquecendo também o ex-libris, a famosa mostarda de Dijon, que conta com um museu. Admire ainda o bonito edifício do mercado de alimentos da cidade o “Les Halles” em vidro e aço, projectado por Gustave Eiffel, mais conhecido pelo projecto da Torre Eiffel, em Paris. Chegada ao hotel, jantar e alojamento.

12 AGOSTO 19 – DIJON / LYON / CLERMONT- FERRAND
Pequeno-almoço no hotel e saída para Lyon, cidade localizada na histórica região do Ródano-Alpes, na parte central do leste de França na confluência dos rios Ródano e Saône e dominada por duas colinas, Fourvière e Croix-Rousse. Entre os principais monumentos e locais de interesse, conta com o anfiteatro galo-romano mais antigo de França de arquitectura medieval e renascentista na Lyon antiga e o moderno bairro de Confluence na “Presqu'île” (península). As chamadas “Traboules”, passagens cobertas entre construções, conectam a cidade antiga à colina La Croix-Rousse, a Catedral São João Batista de Lyon construída em estilo gótico, a ornamentada basílica de Notre-Dame de Fourvière, no alto da colina, que proporciona uma bonita panorâmica, o Museu das Belas Artes, que se encontra no convento do séc. XVII, exibe arte decorativa e pinturas francesas relevantes, o Museu Lumière, de arte nova, a Praça “Bellecour” praça pedonal com vários cafés e lojas. Lyon é também conhecida em toda a França pela sua gastronomia e pelos tradicionais restaurantes "bouchon. Almoço livre. Continuação para Clermont-Ferrand a maior cidade da região Auvérnia e capital da região e do departamento Puy-de-Dôme, conta com 2000 anos de história, cidade culturalmente rica, com monumentos, como a Catedral Notre-Dame-de-l'Assomption e a basílica românica de Notre-Dame-du-Port.Cidade importante também na vida económica francesa, graças à indústria de pneus liderada pela empresa mundialmente conhecida Michelin. Chegada ao hotel, jantar e alojamento.

13 AGOSTO 19 – CLERMONT- FERRAND (ou arredores) / BORDÉUS / BURGOS
Pequeno-almoço no hotel e saída com destino a Bordéus. Construída nas margens do Rio Garonne, é também a maior cidade francesa e geograficamente uma das maiores da Europa. Capital mundial do vinho, Bordéus deu o seu nome à mais antiga e mais prestigiada região vinícola de França e é famoso no mundo inteiro. Como principais monumentos e locais de interesse tem a bonita Catedral Gótica de Santo Andrés, mansões do séc. XVIII e XIX e importantes museus de arte, como o Museu das Belas Artes. Almoço livre. Continuação para Burgos, para jantar e alojamento.

14 AGOSTO 19 – BURGOS / PORTO
Pequeno-almoço no hotel e saída para pequena paragem em Burgos onde propomos visita à sua catedral, inspirada na Notre Dame de Paris, (entrada não incluída). Cidade localizada no centro da província de Burgos na região autónoma de Castela-Leão. Foi sede do governo de Francisco Franco e rica em arte gótica, destacando-se as igrejas de Santa Gadea  do séc. XII e  Santo Estêvão séc. XIII. Almoço em trânsito. Continuação da viagem para o Porto, com viagem por Valladolid e Zamora.

O preço inclui:
  • Viagem em autocarro de turismo durante todo o percurso;
  • Representante da Roma Tours durante toda a viagem;
  • Estadia em hotéis 3 e 4* em regime de Meia Pensão (bebidas não incluídas);
  • Guia local para panorâmica em Heidelberg e Colmar;
  • Entradas e visitas de acordo com o programa;
  • Seguro de viagem.
O preço não inclui:
  • Extras de carácter pessoal e outros serviços, não indicados como incluídos;
  • Taxa turística local a pagar directo nos hotéis;
Hotéis previstos ou similares:
  • Nh Cancililer Ayala Vitória 4* (Vitória –Gasteiz);
  • Ramada Encore Geneve 3* (Genebra);
  • Krone Sarnen 4* (Sarnen – Lucerna);
  • Schwarzwald Parkhotel 3* (Konigsfeld – Floresta Negra);
  • Nh Hirschberg 4* (Hirschberg – Heidelberg);
  • Brit Hotel Le Lodge 3* (Estrasburgo);
  • Kyriad Colmar Centre Parc de Exposition 3* (Colmar);
  • Ibis Dijon Centre Clemenceau 3* (Dijon);
  • Brit Hotel Les Mouflons 3* (Besse Saint Anastais – Clemont Ferrand);
  • Corona de Castilla 4* (Burgos) 
Partida sujeita a mínimos de Participantes
Preço por pessoa

1580 €


Suplemento quarto individual

450 €

Fotografias

A viagem do ano à descoberta

Sobre a Roma Tours

Situada em pleno centro da cidade do Porto, junto à igreja do Bonfim, a agência de viagens Roma Tours dedica-se a programar as suas férias, passeios, jantares e tudo o que mais necessita para relaxar e recuperar, ao mesmo tempo que conhece e reconhece destinos de eleição.

Profissionais devidamente especializadas na área do Turismo fazem desta agência um exemplo de êxito.

Horário:
- de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 18:30
- sábado, das 09:30 às 13:00

Quer saber mais? Liga para: +351 225 390 529/30/31/32

Envie-nos uma mensagem!

Li e aceito os termos da Política de Privacidade